Fotografia de Carol Zatorre

Carol Zatorre

Head de Pesquisa na Kyvo.

Consultoria, pesquisa qualitativa e pesquisa na sprint.

20

O segundo podcast da nova temporada é uma conversa descontraída e didática com a Carol Zatorre, head de pesquisa na Kyvo - consultoria que entrega inovação por meio do design. Ela tem formação em Antropologia e uma perspectiva interessante sobre UX Research.

O episódio traz um panorama das etapas de projeto de pesquisa qualitativa (planejamento, moderação e análise), incluindo dicas para você tirar as hipóteses do papel e ir para a rua investigar.

Falamos sobre o dia a dia de pesquisa em consultoria, como fazer pesquisa na sprint, diferença entre empatia e alteridade e muito mais!

"...a alteridade dá direito do indivíduo que está sendo pesquisado falar. A empatia dá direito do pesquisador dizer a respeito do outro. Essa para mim é a principal dificuldade com a empatia."
Dinâmicas na casa de participantes da pesquisa.

E quando falamos sobre planejamento de amostra, a Carol nos enviou essa foto:

Exemplo de perfis extremos na amostra.

Os links sobre os quais falamos são:

As dicas que ela deixou para ampliar os conhecimentos em pesquisa são:

E as novidades continuam por aqui: estamos bastante empolgados em contar que o TESTR é o apoiador deste episódio! Como vocês ouviram neste papo, uma das barreiras mais comuns para fazer pesquisa em ambiente ágil é o tempo. E é exatamente esse o problema que o TESTR resolve: entrega todo o processo de teste com usuários de forma automatizada - incluindo recrutamento, execução, recompensa aos participantes e relatório com resultados, em uma média de 48 horas.

E quem acompanha o Movimento UX tem a vantagem de ganhar 3 participantes extras na contratação de qualquer plano. É só acessar :) Agora você não tem mais desculpa pra dizer que não dá pra rodar pesquisa dentro da sprint, hein?!

As trilhas deste episódio são parte do projeto Aeoner do produtor Richard Garrell. As faixas sampleam sons 8 bits, discos de vinil, fitas cassete e gravações de campo feitas no Japão. Você pode ouvir todo o álbum aqui.

Até o próximo :)